Os Programas de Pós-Graduação stricto sensu da Universidade Federal do Pará estão com um novo padrão de site que facilita a navegação e a busca por informações sobre o funcionamento dos PPGs. A cerimônia de lançamento ocorreu nesta segunda-feira, 14, no auditório do prédio da Pós-Graduação do Instituto de Tecnologia (PGITEC/UFPA), no Campus da UFPA, em Belém. “A ideia foi tornar as nossas páginas eletrônicas mais eficientes, com melhor visibilidade e com a possibilidade de disponibilizá-las em línguas estrangeiras, favorecendo ainda mais a internacionalização dos Programas”, afirmou o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp), Emmanuel Tourinho.

Os novos sites dos PPGs possuem oito abas de acesso às informações, nas versões em português, inglês e espanhol, com os seguintes títulos: “O Programa”, “Acadêmico”, “Pesquisa”, “Impacto Social”, “Agenda”, “Ingresso”, “Teses e Dissertações” e “Documentos”. O projeto de construção de template padrão é uma iniciativa da Propesp, realizada em parceria com o Laboratório de Desenvolvimento de Sistemas (LaDES), do Campus Castanhal da Universidade, e com o Laboratório de Pesquisa e Experimentação em Multimídia da Assessoria de Educação a Distância (AEDi). O objetivo é potencializar a disseminação da produção científica e técnica dos programas demonstrando o vínculo institucional com a Universidade e facilitando o acesso do público às informações sobre o funcionamento dos PPGs.

Os novos sites contam, agora, com uma identidade visual única e com domínio de acesso vinculado ao da Propesp. Para conferir, basta inserir no navegador a sigla do programa, seguida de “.propesp.ufpa.br”. Por exemplo: www.ppgtpc.propesp.ufpa.br.

Inserção e atualização de conteúdo – O passo a passo de construção do projeto foi apresentado pelo coordenador do LADES, professor doutor Marcos César da Rocha Seruffo. Ele falou das vantagens do novo modelo de sites, entre elas, a adoção da plataforma Joomla! (versão 3.4.4), que é compatível com os padrões do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) e apresenta versões para acesso em dispositivos móveis (tablets, smartphones etc.). Além disso, a plataforma é considerada de fácil manuseio e permite que os próprios PPGs realizem a inserção e atualização de conteúdo da maneira independente.

Para auxiliar os PPGs nesse processo, a equipe do projeto desenvolveu um tutorial para a inserção de conteúdo nos novos sites e disponibilizou-o aos responsáveis pelos PPGs, além de publicá-lo na página da Propesp.

Duas oficinas de Inserção e Manutenção de Conteúdo dos Sites foram realizadas previamente com o objetivo de apresentar as potencialidades do template criado e acompanhar diretamente os responsáveis no processo de inserção de conteúdo nos novos sites. A primeira ocorreu no dia 3 de novembro e a segunda no dia 25 do mesmo mês, ambas ministradas pelo professor Marcos César da Rocha Seruffo, em colaboração com seus bolsistas, que atuaram diretamente no desenvolvimento do modelo dos sites, e com a equipe do Laboratório Multimídia da AEDi, coordenado pela professora Ataíde Malcher.

O Projeto - A elaboração dos sites foi iniciada em setembro de 2015, baseada no diagnóstico situacional realizado pelos Laboratórios parceiros da Propesp no que concerne às páginas dos PPGs da UFPA que estavam em funcionamento. Nesse levantamento, foram identificadas situações diversas, entre as quais se destacam a pluralidade de formatos das páginas dos Programas, sendo algumas baseadas em templates de blogs e/ou páginas externas ao domínio institucional da UFPA. Além disso, foram identificadas formas diversas de organização das informações dos programas, nem sempre completas e/ou atualizadas.

Com base no diagnóstico situacional realizado e apresentado a todos os coordenadores de PPGs, em outubro de 2015, foi possível estabelecer parâmetros para orientar a elaboração de uma proposta institucional de site. Entre os parâmetros adotados, destacam-se: assegurar clareza e um padrão na arquitetura da informação de todos os sites da UFPA, bem como a completude e a atualização das informações.

Palestra – O lançamento dos sites também contou com a presença do professor doutor Ronaldo Lopes Oliveira, atual coordenador de Ensino de Pós-Graduação da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Ele foi convidado para ministrar uma palestra, cujo tema foi “Integridade Científica e Revistas Predatórias”. Ele abordou os perigos que periódicos falsos oferecem à produtividade dos Programas de Pós-Graduação e os cuidados que os pesquisadores devem ter em relação a certas iniciativas comerciais, que oferecem modelos de publicação. A palestra, assim como o desenvolvimento dos sites, é uma maneira de contribuir para o constante avanço da Pós-Graduação na UFPA.

 

Texto: Propesp e Ascom/UFPA
Fotos: Alexandre Moraes